domingo, 31 de janeiro de 2010

Metallica conquista discos de ouro e platina em SP

("Death Magnetic" atingiu a marca de 40 mil cópias vendidas no Brasil)

Os membros do Metallica - James Hetfield (voz e guitarra), Lars Ulrich (bateria), Kirk Hammett (guitarra) e Robert Trujillo (baixo) - foram surpreendidos ontem, dia 30 de janeiro, durante a coletiva de imprensa concedida para jornalistas e fotógrafos no Estádio do Morumbi. O grupo foi presenteado com um disco de ouro pelas 40 mil cópias vendidas no Brasil do CD "Death Magnetic" (2008) e, ainda, recebeu da produtora brasileira disco de platina duplo pelas 60 mil cópias vendidas no país do DVD "Orgulho, Paixão e Glória - Três Noites na Cidade do México".

O Metallica se apresenta também no domingo (31), no Estádio do Morumbi. Ainda há entradas de todos os setores para o segundo show a R$ 150 (arquibancada laranja), R$ 170 (arquibancadas azul e vermelha), R$ 190 (arquibancada vermelha especial), R$ 250 (pista e cadeira inferior), R$ 300 (cadeira superior) e R$ 500 (pista vip). Estão à venda na bilheteria do Morumbi, do meio-dia até o início do show.

Fonte: whiplash.net

As melhores músicas nacionais e internacionais de 2009

Você que curte um som bacana; conferiu diversos lançamentos em 2009 e pôde definir qual foi o seu hit preferido do ano passado, agora já pode compartilhar seu voto com a internet.

O site da revista RollingStone está promovendo várias enquetes de pesquisa. E entre elas, está a de melhor música nacional e melhor música internacional.

Neste momento, a música que lidera a votação nacional, com 1.371.449 votos, é "Bee on the Grass", da Mallu Magalhães. Já a votação para músicas internacionais está sendo liderada por "Zero", da banda Yeah Yeah Yeahs, com 702 votos (estando a frente inclusive de "Poker Face", da Lady Gaga).

(Mallu Magalhães lidera a votação das melhores músicas de 2009 com "Bee on the Grass")

Para acessar as enquetes da RollingStone, acesse agora: http://www.rollingstone.com.br/enquetes .

A votação continua aberta e você pode reverter este resultado. Quem sabe a sua música não seja a mais votada?

sábado, 30 de janeiro de 2010

Faixa inédita de Jimi Hendrix na internet

Uma faixa nunca revelada de Jimi Hendrix estreou na internet, "Valleys of Neptune", foi disponibilizada para audição no site "Spinner". A música dá título à coletânea do guitarrista, cuja data de lançamento está marcada para o dia 9 de março. O disco traz as 12 gravações finais de estúdio de Hendrix antes da morte em 1970, com covers para canções como "Bleeding Heart", de Elmore James, e "Sunshine of your love", do Cream; além de regravações dos clássicos.
O desenho da capa de "Valleys of Neptune" também é de autoria de Jimi Hendrix e data de 1950. O álbum será lançado como parte das comemorações dos 40 anos da morte do guitarrista. A história de Jimi Hendrix vai ser contada ainda em filme "Slide", que explora o caso de sequestro contra o guitarrista que teria sido orquestrado pelo empresário dele Mike Jeffery.
Fonte: Esquina da Música.

Você lembra dos Cranberries?

Bom, essa banda irlandesa fez muito sucesso na década de 90 e agora estará em Porto Alegre na próxima quarta-feira, dia 3, no Pepsi On Stage (Av. Severo Dullius, 1995).

O show começa às 21h30. Os ingressos custam R$ 110,00 (pista, terceiro lote), R$ 120,00 (pista, quarto lote), R$ 200,00 (mezanino) e R$ 1.800 (camarote).
Mais informações no www.opinião.com.br.

Fonte: Mauro (Magazine, Gazeta do Sul, 30 de janeiro de 2010)

Iron man - 2008

O Homem de Ferro 2, chega aos cinemas "gringos" em 7 de maio, pelo menos esta é a previsão, e aqui no Brasil a estréia está marcada para 30 de abril. A trilha sonora vai "rolar" por conta do AC/DC. Já falamos sobre isso aqui no blogão . E no primeiro filme de 2008 com o mesmo Robert Downey Jr e direção do mesmo diretor: Jon Favreau. Você lembra, qual era a trilha? Vou te dar o espaço de três "pontinhos" pra pensar? ... Ok terminou o tempo, e você acertou "espertão", tá ligado no lançe hein? É isso mesmo que você pensou: Black Sabbath - Iron Man, do Álbum Paranoid (1970).
A pesada ficção científica da faixa "Iron Man" do Sabbath, parece até antecipar o movimento grunge (conhecido também como o som de Seatlle) que chegaria com força no começinho dos anos 90. Abaixo um pouquinho do filme de 2008 com a trilha de "Iron Man" do Black Sabbath.


Fonte: Wikipédia, Território da Música, Youtube.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Warner põe hoje nas lojas trilha de "Alvin e Os Esquilos 2"

Chegou às lojas (do Brasil) nesta segunda-feira, 25 de janeiro de 2010, via Warner Music, o CD com a trilha sonora do filme Alvin e os Esquilos 2, sequência do sucesso infantil de 2007.


Na segunda seleção musical, os dois grupos de esquilos, The Chipmunks e The Chipettes, se revezam - e até eventualmente se unem, como no cover de I Gotta Feeling, tema do grupo Black Eyed Peas) - na interpretação de sucessos de Bee Gees (Stayin' Alive), Beyoncé (Single Ladies), Katy Perry (Hot N Cold), P!nk (So What) e Foreigner (I Want to Know what Love Is - balada de 1984 atualmente ouvida em escala mundial na voz de Mariah Carey). Por não figurar no filme, I Gotta Feeling entrou como faixa-bônus.

Fonte: Mauro Ferreira (www.musicnews.art.br)

AbbaWorld- O parquinho dos guris.

O Abba tem até Parque temático"ABBAWORLD".
Estava eu aqui apresentando o meu programa de rádio, EXPRESSO 101 bem de boa, quando me deparo com a notícia que o Abba virou parque temático. Saio a vasculhar nos sites da web pra obter detalhes e realmente o Abba tem parquinho e chama-se "AbbaWorld".
Foi aberto ao público nesta quarta-feira, 27 de janeiro.
O AbbaWorld ocupa uma área de 30 mil metros quadrados em Earls Court, em Londres, o parque e museu dedicado ao quarteto sueco Abba tem 25 salas cheias de itens relacionados ao grupo. A festa de inauguração foi realizada na terça-feira, 26 e contou com a presença de dois integrantes do grupo, Bjorn Ulvaeus e Ann-Fridda Lyngstad. Os outros dois membros, Benny Andersson e Agnetha Faltskog, não prestigiaram o evento.
Dentro do "AbbaWorld" é possível encontrar fotografias, bonecos, roupas, instrumentos musicais, discos de ouro, platina e diamante e tem até uma reprodução fiel do Polar Studios, estúdio onde o Abba gravou todos os álbuns. É obvio que também a espaço para venda de camisetas, broches, pôsteres, CDs e LPs do quarteto.
Em uma das salas os fãs podem interagir com holografias dos integrantes (parece ficção cientifica hehehe) do Abba e cantar junto com eles. E em outro local é possível remixar os sucessos do grupo. O parquinho do Abba, não tem roda gigante e nem carrossel mas tem holografia e muitas outras tranqueiras.
Fonte:Esquina da Música e Território da Música.

Com clássicos de peso, Metallica derruba Porto Alegre na lama


(Metallica representado em episódio dos Simpsons)

Mesmo 11 anos mais velhos depois do último show no Brasil, o Metallica não se mostrou nem um pouco fora de forma com o passar do tempo. Ao som de clássicos dos primeiros discos da banda, os 26 mil fãs presentes em Porto Alegre pareciam não se importar com o chão lamacento do Parque Condor, indo a nocaute diante dos riffs de guitarra da banda americana, formada nos anos 80.

Por volta das 21h45, o início da World Magnetic Tour no Brasil era anunciado com a pesadíssima e pulsante Creeping Death. Sem tempo para saudações, o baixista Robert Trujillo chamou logo em seguida o tema da For Whom the Bell Tolls. Uma pequena exibição de microfonias do guitarrista Kirk Hammett emendou na Ride the Lightning, faixa título do álbum de 1984 que abriga os três clássicos.

Depois dos três primeiros golpes, o Metallica partiu para um clima mais ameno, com a singela The Memory Remains, de uma fase mais mansa da banda. Com os ânimos mais calmos, o vocalista e guitarrista James Hetfield surge com um violão e toca os primeiros acordes da épica Fade to Black, com belos solos de Kirk.

Após apresentar três músicas do último disco, o Death Magnetic, que dá nome à turno, Hetfield afirma: "ouvi falar que os brasileiros gostam de música pesada". Era o prenúncio de outro petardo: Sad but True, no disco conhecido como "Black Album". Nessa, o baterista dinamarquês Lars Ulrich parecia que pretendia quebrar os pratos de sua bateria, tamanha força colocada no acompanhamento da música grave e marcante.

Outro ponto alto do show foi a sequência fatal de One, Master of Puppets e Battery, que dispensam apresentações. A balada Nothing Else Matters, introduzida por arranjos de guitarra limpa de Kirk, foi a que recebeu maior coro dos fãs. Na sequência, Enter Sandman fechou o repertório do disco preto do Metallica. No bis, Metallica surpreendeu ao tocar Die Die My Darling, da banda de punk Misfits. O desfecho foi uma volta às origens, com Seek and Destroy, do primeiro disco da banda, o Kill 'em All.

Gafe

Por duas vezes, James Hetfield afirmou que o show desta quinta-feira era o primeiro da banda na capital gaúcha. Na verdade, a banda também tocou em 1999, no Jóquei Clube. Quando James repetiu a frase, no fim do show, Kirk gesticulou para a plateia que este era o segundo espetáculo da banda em Porto Alegre. O vocalista, no entanto, parece não ter notado o sinal do colega.

Torta e presentes
Após o show, James jogou várias tortas na cara de um dos membros da equipe da banda, em cima do palco, em "comemoração"ao seu aniversário. A pedido do vocalista, plateia cantou "parabéns" ao aniversariante. Depois, os integrantes do Metallica arremessaram centenas de palhetas para os fãs que estavam na área VIP, em frente ao palco. Alguns conseguiram pegar mais de uma palheta estilizada do Death Magnetic.

fonte: Fernando Diniz (Redação Terra)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Baú do Planeta Música - OMD

Para aqueles amantes do new wave que nunca dispensaram as músicas da banda OMD de sua biblioteca, eis uma notícia quentíssima.

A banda inglesa OMD está planejando lançar em 2010 um novo álbum, chamado “History of Modern”. O disco é o 11º álbum da banda e é o primeiro de estúdio a ser lançado após o álbum Universal, de 1996, quando a banda se separou.


Conforme o site oficial da banda, o material a ser lançado deve conter vários adicionais, que sem dúvida, deixarão todos fãs da banda satisfeitos. “Nós planejamos fazer um pacote especial limitado, que incluirá vinyl, faixas bônus, encarte, etc...”.

Na rede, tanto quem adora OMD, como quem quer apenas conhecer ou curtir o som dos caras, pode conferir a demo do álbum chamada “Sisters Marie Says”, disponível para download no site oficial da banda.

O blog Planeta Música vai servir a canja pra você então: http://www.omd.uk.com/downloads/index.php (lembrando que é necessário registrar-se no site para fazer o download grátis da demo).

(A formação da banda OMD completa)

A banda Orchestral Manoeuvres in the Dark (abreviada de OMD), foi fundada em Wirral Peninsula, na Inglaterra, no ano de 1978. O grupo era então formado por Paul Humphreys e Andy McCluskey.

(Os dois fundadores da banda: Paul Humphreys e Andy McCluskey)

Paul e Andy estudavam em cidades diferentes, quando se conheceram na escola primária no final da década de 60. Já na metade dos anos 70, eles resolveram se envolver em pequenos grupos locais.

McCluskey formou a banda Equinox, como baixista e vocalista, quando conheceu seu colega de aula Malcolm Holmes, que tocava bateria, enquanto Humphreys dava suporte à banda. Nesta época, eles descobriram as principais influências para o estilo de música a que viriam tocar: Kraftwerk.

(Kraftwerk, “usina de energia” em alemão - Uma das bandas precursoras da música eletrônica)

McCluskey chegou a deixar a banda em agosto de 1978, mas retornou em setembro do mesmo ano para colocar em prática o novo projeto dele chamado VCL XI. Logo após, o projeto fora renomeado para Orchestral Manoeuvres In The Dark.

A discografia da banda:
Orchestral Manoeuvres In The Dark (1980);
Organisation (1980);
Architecture & Morality (1981);
Dazzle Ships (1983);
Junk Culture (1984);
Crush (1985);
The Pacific Age (1986);
Sugar Tax (1991);
Liberator (1993);
Universal (1996);
History of Modern (com data estimada de lançamento para 2010).

Instrumentos como Mellotron, Fairlight CMI, E-mu Emulator, Sequential Circuits Prophet-5 e Korg Micro-Preset eram usados pela banda para manter os estilos New Wave, Synthpop, Post-punk como estilo oficial da banda.

Dentre seus grandes sucessos destacam-se Electricity, Enola Gay, Secret, Souvenir, Joan of Arc, So in Love, Forever (live and die) e The Pandoras Box.

Os Mutantes continuam vivos

(Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias, na formação original, entre 1968 e 1970)

Quem foi ao Parque Eduardo Gomes, em Canoas, na noite da última terça-feira, não se arrependeu. Não é sempre que se está diante de uma lenda viva do rock brasileiro, e por que não, mundial. Afinal, os nomes de Sérgio Dias Baptista, 58 anos, e de Os Mutantes já ultrapassaram as fronteiras brasileiras. Criada em 1968, a banda paulista influenciou gringos como Sean Lennon, Kurt Cobain, David Byrne e Mike Patton, entre outros. Ano passado, depois de 30 anos sem gravarem um disco, lançaram o inédito Haith ou Amortecedor, só com inéditas. Em 2009 também fizeram uma turnê de sucesso nos Estados Unidos, com 30 shows que renderam elogios rasgados de publicações como a Rolling Stone e o The New York Times.

Pois na terça, ou início da madrugada de quarta, a nova formação dos Mutantes fez um show gratuito dentro da programação do Fórum Social Mundial. Era meia-noite quando Sérgio Dias e companhia subiram ao palco, diante de 20 mil pessoas. Antes, os pernambucanos da Nação Zumbi já haviam deixado o público cansado de tanto pular e cantar, com sua mistura pesada de ritmos. Mas Os Mutantes – mesmo sem Rita Lee e Arnaldo Baptista – ainda são Os Mutantes. Bastou abrirem com Technicolor, El Justiciero e Minha Menina, para todos perceberam que a magia continuava viva. Foi um desfile de clássicos permeado por novidades, até as 2h10. “Vamos tocar algumas músicas novas. Se não gostarem, podem vaiar, a gente está acostumado. Mas não se empolguem muito”, brincou Dias em certo momento. E deram uma amostra do novo repertório, com Querida, Querida, Teclar, Bagdah Blues, Annagrama, Neurociência do Amor e outras. A receptividade foi menos entusiasmada, mas ninguém vaiou.

Das 17 canções, as últimas foram as obrigatórias Balada do Louco, Ando Meio Desligado e a pesadíssima e divertida A Hora e a Vez de o Cabelo Nascer (ou Cabeludo Patriota). Uma pausa e, em seguida, o bis com Bat Macumba e Panis et Circenses. É certo que não foi tudo perfeito. A qualidade do som não estava boa – a Nação Zumbi foi mais feliz nesse quesito – , mas a garra dos músicos foi inquestionável. A vocalista Bia Mendes foi competente na tarefa árdua de substituir Rita Lee e o “dinossauro” Dinho Leme continua um monstro na bateria. Completam a banda Henrique Peter (teclado, flauta doce e vocal), Vitor Trida (teclado, flautas, viola, cello e vocal) e Vinicius Junqueira (baixo).

Mas a alma é Sérgio Dias. Falante, bem-humorado, soube cativar a plateia desde o início. “Nós só voltamos por causa de vocês”, disse. Guitarrista habilidoso, mostrou seu lado virtuoso em um inspirado (e longo) improviso no fim de Ando Meio Desligado. Depois do final do show, Dias ainda ficou umas duas horas conversando com fãs. Sorte de quem esteve lá.

fonte: Luis Fernando Ferreira (Gazeta do Sul, 28/01/10)

Metallica é hoooooooooje!!!!

É hoje o grande dia. Porto Alegre vai tremer meu "camarada". Metallica quebrando tudo.
Algumas coisinhas pra você "curtir" antes do
Megahipersupertetrashow





Fonte: Web e Youtube

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

World Magnetic Tour '10

Metallica e a turnê World Magnetic Tour '10

Amanhã, quinta-feira dia 28 de janeiro, tem Metallica em Porto Alegre. Única apresentação do grupo californiano em PoA. O quarteto toca nesta quinta-feira nove e meia da noite no Parque Condor, na capital.
O Metallica é o nome mais popular do rock pesado - reputação conquistada ao longo de onze álbuns, dezenas de milhões de discos vendidos e quase trinta anos de estrada.
A última vez que o Metallica se apresentou em Porto Alegre foi em maio de 1999, no Hipódromo do Cristal.
Se você for nesse show, vai ter oportunidade de ver um Metallica recuperado por tudo que já passaram esses quatro cavaleiros do Apocalipse, e alavancados pela força incomparável do novo álbum "Death Magnetic" de 2008.
O Metallica é formado por:
Kirk Hammett e James Hetfield nas guitarras, o "batera" Lars Ulrich e o baixista Robert Trujillo.
É show, é pesado, é Rock, é Metal, é........METALLICA.

Juntos...nós somos o mundo!!!

Robbie Williams e Take That juntos novamente??????????
Sim "galera", juntos. Mas, para aí, deixa eu explicar direitinho essa história!
Ontem eu comentava aqui no Blogão, que Mariah Carey e Miley Cyrus se uniram a um super grupo de artistas para cantar uma música do R.E.M. em prol daquele povo maltratado do Haiti, vítimas daquele terremoto devastador do último dia 12. E agora, foi a vez dos caras do Take That se juntarem a Robbie Williams nesta mesma música, "Everybody Hurts", (inclusive no post de ontém, trouxemos também a tradução dessa música pra moçada).
Tá confirmado.
A reunião de Robbie e sua ex-banda vai acontecer. Robbie Williams disse em entrevista ao "The Sun" que está orgulhoso de participar da gravação.

"Sinto-me muito honrado por ter sido convidado a contribuir para o single. Todos podemos fazer algo para ajudar o Haiti e eu peço a todos que façam o que puderem", afirmou.

Leona Lewis e James Blunt já gravaram suas partes para o single, enquanto Mariah Carey e Miley Cyrus devem fazê-lo esta semana. A ideia do produtor Simon Cowell é estrear o single já no domingão dia 31 de janeiro.
Em tempo... Kylie Minogue, também vai emprestar a sua voz para esse projeto.
Estamos ansiosos pra ouvir esse trabalho que já vai entrar para a galeria das canções "imortais". Assim como foi a quela de Michael Jackson e Lionel Ritchie nos anos 80. Como era mesmo o nome dela? Ahhh, sim!!! WE ARE THE WORLD.

Fonte: Esquina da Música e sites musicais na Web para confirmação de informações.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Baú do Planeta Música - Last Christmas (Parte 02)

Ainda em 2006, surgiria outra figurinha que lançaria também sua versão de “Last Christmas”.

Quem aí não se lembra daquele sapinho que anda com a sua moto imaginária, chamado Crazy Frog? Pois então, meu amigo. Até o sapinho maluco gravou a sua versão da música do Wham.


A história do sapo malucão surgiu 1997, quando o sueco Daniel Malmedahl simplesmente gravou uma imitação de um motor de dois tempos para ter em seu computador. O som acabou caindo na rede e, em 2003, outro sueco chamado Erik Wernquist, criou um personagem 3d chamado originalmente de “The Annoying Thing”, que servia para acompanhar o efeito sonoro.

O personagem surgiu para o público em 2004, quando a operadora de telefonia Jamba! comprou os direitos do boneco para ser usado como um ringtone para celulares. A animação (que serviu para a campanha) e o som foram batizados de “Crazy Frog”. Logo, ele se tornaria o ringtone mais baixado da internet.

Crazy Frog ficou bastante conhecido no Brasil em meados de 2005/2006, quando a canção “Axel F.”, lançada pelo DJ alemão cujo nome é “Axel Foley” se popularizou inclusive com uma animação em vídeo do sapo maluco interpretando a música.

Abre Aspas

A origem da música “Axel F.”, interpretada pelo sapo maluco e remixada pelo DJ alemão, é na verdade um remix de um sampler sobre a música “Axel F.”, originalmente composta pelo músico alemão Harold Faltermeyer, que é considerado um dos pioneiros na música eletrônica, juntamente com Giorgio Moroder. A data de lançamento do cd com a trilha oficial do filme “Beverly Hills Cop – Um Tira da Pesada” é 8 de abril de 1985 (coincidência ou não, o mesmo ano de lançamento da música Last Christmas, com letra e interpretação da banda Wham).


Fecha Aspas

O mesmo DJ viria a lançar – juntamente com o sapo maluco – em 2006, um remix da música “Last Christmas”, no início de Dezembro do ano de 2006. A música tem o clássico sonzinho de motor produzido pelo anfíbio. Também, a participação de uma moça que canta a letra original do Wham (moça cujo nome se perde na pesquisa de 6 dias em meio aos “ding ding dings” e “téin téin téins”).


Já em 2007, a história de Last Christmas continuaria na voz da cantora Natalie Horder e de mais dois DJs que compõem a banda alemã Cascada.


Cascada é um grupo alemão do gênero eurodance, que teve como primeiro sucesso o seu mais famoso som "Everytime We Touch", seguido por diversos outros, como a versão remix da música "What Hurts The Most".

A banda existe desde 2004 e continua na ativa. Em Outubro de 2009, eles lançaram a música “Evacuate The Dancefloor”, que neste momento ocupa a 34ª posição da Hot100 da Billboard.

Ainda em 2007, a música Last Christmas também seria regravada pela atriz, cantora e compositora de country music norte-americana Taylor Alison Swift.


Nascida em 13 de Dezembro de 1989, Swift teve uma vida infantil bastante ativa e se criou numa fazenda de cultivo da família.

Aqui temos um exemplo de menina que se criou escrevendo poemas, compondo letras de músicas e batalhando bastante para conseguir chegar ao estrelato. Após assinar e quebrar diversos contratos com gravadoras por problemas comuns entre artistas. O mais interessante é isto, ela moldou seu estilo ao longo do tempo com uma maneira de agir bem simples.

Entre suas influências musicais estão sua avó e LeAnn Rimes. Apesar que sua avó foi uma cantora de ópera profissional, o estilo de Taylor sempre tendeu ao country e ela desenvolveu um amor por Patsy Cline e Dolly Parton na infância. Ela também creditou as Dixie Chicks e Shania Twain por demonstrarem o quanto impacto pode ser feito por "estenderem as fronteiras".

Atualmente, Taylor está em 3º lugar na Hot200 da Billboard com o álbum “Fearless”. Apesar disto, o seu primeiro álbum (que leva seu nome, “Taylor Swift”) serviu para lanrçá-la de vez nas paradas de sucesso.
Taylor também gravou o EP natalino Sounds of the Season: The Taylor Swift Holiday Collection, que foi lançado à venda em 16 de Outubro de 2007 apenas nas lojas Target. O álbum, que não fez tanto sucesso como seu álbum de estreia homônimo, e contou com clássicos natalinos como "Last Christmas" e canções originais escritas por Swift.

E nos dias de hoje...

No mês de dezembro de 2009, para comemorar o natal que estava para chegar e também o grande sucesso da série americana, a Fox/Columbia decidiram lançar a música “Last Christmas”, interpretada pelo cast da série de TV Glee (logo, “Glee Cast”).


Glee é uma premiada série de televisão estadunidense do gênero comédia/musical, produzida pela FOX. É transmitida pelo Canal Fox no Brasil,lançado dia 18 de Novembro. Alguns afirmam que o estilo da série segue o longa metragem High School Musical, e acredito que o grande sucesso também se deve a este fato.

A banda Glee Cast ganhou bastante destaque em 2009 com a música “Don’t Stop Believin’”, originalmente gravada pela banda Journey em 1981. A versão do Glee Cast ajudou o Journey a alcançar um feito histórico: em 2009, a faixa “Don’t Stop Believin’” vendeu cerca de dois milhões de downloads, atingindo assim o score de faixa mais vendida em toda a história da loja virtual do iTunes.

AC/DC e Iron Man 2

Músicas do AC/DC são a trilha sonora de "Homem de Ferro 2"

O longa metragem "Homem de Ferro 2" vem com faixas do AC/DC. Mas não esperem nada inédito. O Álbum intitulado "AC/DC: Homem de Ferro 2" chega as lojas no dia 19 de Abril. Vem com 15 sucessos já consagrados do AC/DC. Entre esses sucessos o discão vai trazer: "Back in Black", "Let There Be Rock", "T.N.T", "War Machine", "Guns For Hire", "Thunderstruck", "Highway To Hell" e outros sucessos absolutos da banda Australiana. O filme dirigido por Jon Favreau, estréia em 28 de Abril e traz no eleco o mesmo Robert Downey Jr, Scarlet Johansson, Gwyneth Paltrow, Don Cheadle, Mickey Rourke e Samuel L. jackson no elenco. Vamos esperar pra ver imagens e sons juntos, num filme que é pura adrenalina.

"Everybody hurts" em prol do Haiti

Miley Cirus
Mais duas artistas, se unem aos esforços da comunidade mundial, em prol do castigado Haiti.
Agora, é a vez de Mariah Carey e Miley Cirus se unirem ao "time" de grandes nomes da música internacional que vão regravar o single "Everybody hurts", do R.E.M., a produção corre por conta de Simon Cowell (American Idol e X-Factor), o legal de tudo isso é que toda a grana obtida com a faixa vai ser destinada às vítimas do terremoto que arrasou literalmente o Haiti no último dia 12.
Cowell pretende lançar a música oficialmente já neste domingo, dia 31 de janeiro. Entre os nomes confirmados a participar da gravação, estão Rod Stewart, Sheryl Cole, James Morrison e James Blunt. Penso que é uma grande oportunidade de conhecermos esse "som" do R.E.M. com outros grandes artistas. E também ajudarmos um povo tão sofrido.
Mariah Carey
Tradução de "Everybody hurts" do R.E.M

"Todo mundo se machuca"
Quando seu dia é longo
E a noite - a noite é solitária,
Quando você tem certeza de que já teve o bastante desta vida,
Continue em frente
Não desista de si mesmo,
Pois todo mundo chora
E todo mundo se machuca, às vezes...
Às vezes tudo está errado
Agora é hora de cantar sozinho.
Quando seu dia é uma noite solitária
(aguente firme, aguente firme)
Se você tiver vontade de deistir (aguente firme)
Se você achar que teve demais desta vida,
para prosseguir...
Pois todo mundo se machuca,
Consiga conforto em seus amigos.
Todo mundo se machuca...
Não se resigne, oh, não
Não se resigne
Quando você sentir como se estivesse sozinho.
Não, não, não, você não está sozinho...
Se você está sozinho nessa vida,
Os dias e noites são longos,
Quando você sente que teve demais dessa vida para
seguir em frente
Bem, todo mundo se machuca
Às vezes todo mundo chora
E todo mundo se machuca, às vezes
Mas todo mundo se machuca, às vezes
Então aguente firme
Aguente firme, aguente firme...
Todo mundo se machuca
Você não está sozinho.
Fonte: Wikipédia, Esquina da Música, Cifra club e imagens da Web.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Baú do Planeta Música - 1977




Um grande Olá pra você ligado no Planeta Música!

Hoje, aqui no Planeta Música, vamos resgatar o que houve no ano de 1977 no mundo da música; o ano que é considerado o ANO DO PUNK.

Primeiro, vejamos alguns fatos que fizeram história em 1977.
- A banda vencedora do Grammy, Fleetwood Mac, lança o álbum "Rumours";
- "The Clash" lança no Reino Unido, pela CBS Records, seu álbum "The Clash";
- As garotas do "The Supremes" fazem seu último concerto juntas no Drury Lane, em Londres;
- E em 24 de junho, Led Zeppelin faz, também, seu último concerto nos EUA, em Oakland, Califórnia.

Muita gente famosa nasceu nesta data também, caro leitor. Veja só:
- Em 2 de fevereiro, nasce Shakira Isabel Mebarak Ripoll (ela mesma, de "She Wolf" - particularmente, prefiro a Shakira de "Pies Descalzos Sueños Blancos" e "Vuelve".. e você?);
- Em 11 de fevereiro, nasce Mike Shinoda (guitarrista do Linkin Park)
- Em 1 de julho, nasce também Liv Tyler (filha do vocalista - de férias - do Aerosmith, Steven Tyler);
- Em 9 de setembro, nasce Maria Rita (filha da saudosa Elis Regina);
- Em 7 de outubro, nasce a cantora brasileira Priscilla Novaes Leone, mais conhecida como Pitty;
- E em 16 de outubro, nascia o talentoso John Mayer, um dos músicos preferidos do meu grande amigo Ludy.

E como nem tudo é alegria, em 1977 muitas estrelas perderam a vida e deixaram de brilhar neste mundão.
- Em 22 de janeiro, Maysa Matarazzo (a Maysa do seriado, cantora, atriz e compositora);
- Em 7 de março, Newton Duarte (radialista e produtor de rádio; mais conhecido como Big Boy, pai da expressão "Hello, crazy people");
- Em 16 de agosto, Elvis Aaron Presley (um verdadeiro ícone da música mundial);
- Em 20 de outubro, 3 membros da banda Lynyrd Skynyrd morrem em um acidente de avião (apenas 3 dias após terem lançado o quinto álbum de estúdio da banda, "Street Survivors")
- E em 25 no dezembro, o grande Charlie Chaplin (ator de cinema britânico).

A explosão de várias bandas de música também foi o destaque de 1977. Tais como: Johnny Thunders & Heartbreakers, Ramones, Blondie, Elvis Costello, Sex Pistols (que lançava seu primeiro álbum "Never Mind the Bollocks"... e tem até para o solo brazuca, com Supla e Ratos de Porão.

Pra encerrar, uma lista com as 100 músicas que mais fizeram sucesso aqui no Brasil no ano de 1977. Confira:


1 - Amigo - Roberto Carlos
2 - Sonhos - Peninha
3 - You Light Up My Life - Debbie Boone
4 - Flor de Lis - Djavan
5 - I Just Want To Be Your Everything - Andy Gibb
6 - Best Of My Love - Emotions
7 - When I Need You - Leo Sayer
8 - Menina dos Cabelos Longos - Agepê
9 - Arrombou a Festa - Rita Lee
10 - Romaria - Elis Regina
11 - Maluco Beleza - Raul Seixas
12 - I'm Your Boogie Man - KC & The Sunshine Band
13 - Tonight's The Night (It's Gonna Be Alright) - Rod Stewart
14 - Hotel California - Eagles
15 - Somos Todos Iguais Nesta Noite - Ivan Lins
16 - Marcas do Que Se Foi - Márcio Lott
17 - Falando Sério - Roberto Carlos
18 - Star Wars/Cantina Band - Meco
19 - You And Me - Alice Cooper
20 - Zodiacs - Roberta Flack
21 - Isn't She Lovely - Stevie Wonder
22 - Nobody Does It Better - Carly Simon
23 - Coleção - Cassiano
24 - Sorte Tem Quem Acredita Nela - Fernando Mendes
25 - Jura Secreta - Simone
26 - You Make Me Feel Like Dancing - Leo Sayer
27 - My Dear - Manchester
28 - Love Theme From "A Star Is Born" (Evergreen) - Barbra Streisand
29 - Easy - Commodores
30 - Sir Duke - Stevie Wonder
31 - Livin' Thing - Electric Light Orchestra
32 - Gonna Fly Now (Theme From "Rocky") - Bill Conti
33 - I Never Cry - Alice Cooper
34 - Keep It Comin' Love - KC & The Sunshine Band
35 - O Dia Em Que a Terra Parou - Raul Seixas
36 - Desencontro de Primavera - Hermes de Aquino
37 - Dancing Queen - Abba
38 - Começaria Tudo Outra Vez - Simone
39 - Perdido na Noite - Agnaldo Timóteo
40 - Saco de Feijão - Beth Carvalho
41 - Baby I Love Your Way - Peter Frampton
42 - Pombo Correio - Moraes Moreira
43 - Tranquei a Vida - Ronnie Von
44 - Don't Cry For Me Argentina - Julie Covington
45 - You Don't Have To Be A Star - Marilyn McCoo & Billy Davis, Jr.
46 - Cavalgada - Roberto Carlos
47 - Tigresa - Gal Costa
48 - Boogie Nights - Heatwave
49 - Morte de Um Poeta - Alcione
50 - Car Wash - Rose Royce
51 - Dance And Shake Your Tambourine - Universal Robot Band
52 - Eu Preciso Te Esquecer - Cláudia Telles
53 - Lost Without Your Love - Bread
54 - Fim de Tarde - Cláudia Telles
55 - I Love You - Donna Summer
56 - Pra Que Vou Recordar O Que Chorei - Carlos Dafé
57 - I'm Lost - Barry Mann
58 - Let's Be Young Tonight - Jermaine Jackson
59 - Don't Stop - Fleetwood Mac
60 - Swayin' To The Music - Johnny Rivers
61 - Love So Right - Bee Gees
62 - Ma Baker - Boney M
63 - Sonhos de Um Palhaço - Antonio Marcos
64 - Maria Fumaça - Banda Black Rio
65 - C'est La Vie - Emerson, Lake & Palmer
66 - Nêga - Emílio Santiago
67 - Pensando Nela - Dom Beto
68 - So Sad The Songs - Gladys Knight & The Pips
69 - Dom de Iludir - Maria Creuza
70 - Sorrow - Michael Sullivan
71 - That's The Trouble - Grace Jones
72 - Filho Único - Erasmo Carlos
73 - Se Te Agarro Com Outro Te Mato - Sidney Magal
74 - Um Caso Meu - Rosemary
75 - Senhorita, Senhorita - Wando
76 - Vai Levando - Miúcha & Tom Jobim
77 - Um Jeito Estúpido de Te Amar - Maria Bethânia
78 - Loco-Motivas - Rita Lee
79 - Barra Pesada - Dicró
80 - Conversation - Morris Albert
81 - Bijuterias - João Bosco
82 - Velho Demais - Placa Luminosa
83 - Yes Sir, I Can Boogie - Baccara
84 - You Are My Love - Liverpool Express
85 - Young Hearts Run Free - Candi Staton
86 - Lumiar - Beto Guedes
87 - Piu - Ornella Vanoni
88 - Flor Amorosa - Maria Martha
89 - Cálix Bento - Milton Nascimento
90 - I Remember Yesterday - Donna Summer
91 - O Leãozinho - Caetano Veloso
92 - Maria Solidária - Beto Guedes
93 - Meu Sangue Ferve Por Você - Sidney Magal
94 - Espere Por Mim, Morena - Gonzaguinha
95 - Comportamento - Marcio Lott
96 - Golden Years - David Bowie
97 - Boi da Cara Branca - Helio Matheus
98 - Basta um Dia - Clara Nunes
99 - N.Y. You Got Me Dancing - Andrea True Collection
100 - You Took My Breath Away - Kaplan Kaye


Fonte:
http://www.mofolandia.com.br/mofolandia_nova/musica_tophits_77.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/1977
http://en.wikipedia.org/wiki/1977
http://pt.wikipedia.org/wiki/1977_na_m%C3%BAsica

A derradeira última viagem

O Scorpions está encerrando suas atividades. Essa notícia, foi anunciada nesse domingo dia 24. Os alemães informaram que o próximo será provavelmente o último trabalho da sua carreira. "Sting in the Tail" tem lançamento marcado para o dia 19 de março. Mas o grupo ainda sai na turnê final para divulgar o disco apartir de maio no país de origem.
O Scorpions encerra a carreira depois de mais de 40 anos de "estrada" e 23 álbuns lançados, incluíndo discos ao vivo como: "Moment of Glory", gravado com a Orquestra Filarmônica de Berlim. A banda é dona de vários hits como "Still Loving you", "Big City Nights", e "Wind of Change", clássico do grupo inspirado nas mudanças políticas vividas pela Alemanha com a queda do muro de Berlim e a reunificação.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Hope For Haiti Now

Bono Vox, Jay-Z e Rihanna cantam
música composta para o Haiti
Na noite de sexta-feira. Bono Vox do U2, Jay-Z e Rihanna participaram do "Hope For Haiti Now", uma super maratona musical para arrecadar fundos para as vítimas do terremoto que devastou o Haiti. O trio interpretou a faixa "Stranded - Haiti Mon Amour", composta especialmente para o evento.
Durante mais de duas horas, "Hope For Haiti Now" esteve no ar em várias redes
de TVs e pela internet buscando doações para o país mais pobre das Américas. O resultado foi mais de US$30 milhões. O montante será revertido para instituições como Oxfan America, Cruz Vermelha, Unicef, Programa Mundial de Alimentos (PAM)
da ONU, Partners in Health, Fundação Bill Clinton para o Haiti e Yele Haiti.

Participaram da maratona Alicia Keyes, cantando "
"Prelude to a Kiss" ; Coldplay com "A Message"; Bruce Springsteen com "We Shall Overcome". Stevie Wonder cantou "A Time to Love"/"Bridge Over Troubled Water".
Outros destaques ficaram com Shakira, que fez uma versão para "I'll Stand by you", dos Pretenders. Taylor Swift participou com "Breathless", Christina Aguilera contribuiu cantando "Lift Me Up".
Sting Cantou "Driven To Tears" do The Police, Beyonce fez uma versão acústica de "Halo" e Madonna apresentou uma versão acústica de "Like A Prayer".
O "Hope For Haiti Now", ainda contou com o talento de Justin Timberlake, Neil Young, Jennifer Hudson, Dave Mathews Band e o haitiano Wyclef Jean.
Confira abaixo alguns momentos dessa maratona musical.
Fonte: Esquina da Música e youtube


















sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Baú do Planeta Música - Last Christmas (Parte 01)

Pergunto a vocês: o que uma dinamarquesa, um sapo maluco sueco, dois ingleses, uma cantora alemã, uma banda escolar e duas cantoras americanas tem em comum? Se isto instigou sua curiosidade, se liga no Planeta Música. Serão duas postagens sobre a história desta música. Uma você lê a seguir e a segunda parte, você confere na terça-feira, dia 26 de janeiro. Boa leitura pra você!

Last Christmas

Tudo começou em 1981, quando a banda Wham! surgiu, na Inglaterra. Formada apenas por dois músicos (Andrew Ridgeley e George Michael), a dupla viria a compor músicas como “Wake Me Up Before You Go Go”, “Everything She Wants” e “Careless Whisper” (estas publicadas em 1984 no álbum chamado “Make It Big).


Wham chegou a lançar outro disco anteriormente, em 1983, com várias músicas mas nenhuma que seja de tamanho destaque como o álbum que viria um ano depois. A dupla se manteve unida até 1986, quando George Michael resolveu separar-se para seguir em carreira solo. Aliás, quase esquecendo, “Last Christmas” foi gravada e lançada como single em 1985, pela dupla dinâmica.


10 anos mais tarde, em 1995, foi a vez da cantora dinamarquesa Sannie Charlotte Carlson lançar a sua própria versão de Last Christmas. Você deve conhecê-la pelo codinome “Whigfield”.


Nascida em 11 de abril de 1970, Sannie é mais conhecida pelas músicas “Sexy Eyes” e “Saturday Night” (estas do álbum “Whigfield”, de 27 de fevereiro de 1996).

Passou vários anos de sua infância na África regressando muito depois à sua terra natal. Saltou ao estrelato quando sua canção "Saturday Night" passou a ser o maior hit do verão europeu de 1994, graças ao que foi tocado intensamente nas discotecas Mediterrâneas e de que teria uma letra que muitos aprenderam facilmente. Whigfield se converteu na primeira artista não britânico(a) a debutar como No.1 na primeira semana do ranking do Reino Unido. Sua música teve também muito sucesso no Brasil, na Espanha, Canadá, Austrália, França, nos países nórdicos e na América Latina durante o fenômeno eurodance de 1994.

Outras canções posteriores destacadas são "Think of You", "Close To You", "Last Christmas", "Gimme Gimme" e "Sexy Eyes".


Bem diferente da versão original de Wham, Whigfield deu um tom eurodance para a letra, ficando entre algumas das músicas de maior sucesso da cantora, que estava no auge em 1994/1996, na época em que até o nosso já citado amigão Haddaway também estava estourando nas paradas de sucesso. Nesta época, você deveria estar assistindo novelas globais como Pátria Minha, A Próxima Vítima e Explode Coração (que, em forma de emails trocados pela cigana Dara, introduzia a nova tecnologia que acabara de chegar ao Brasil, chamada Internet).


Voltando ao “último Natal”

A letra já adormecia no meio do baú deste Planeta Música, quando em 2006, alguém lembrou dela! E desta vez teríamos a mesma letra sendo interpretada por duas pessoas no mesmo ano.

A primeira a trazer de volta à tona o sucesso de 1985, foi Ashley Tisdale, uma cantora e atris americana que surgiu no mundo da música através do grande sucesso adolescente das telonas de cinema chamado “High School Musical”, onde ela interpretou a moça Sharpay Evans. Coincidência ou não, Ashley nasceu no dia 2 de julho de 1985; mesmo ano de lançamento da primeira versão da música e letra do Wham, que ela viria a regravar 21 anos depois.

Em junho de 2006, Tisdale assinou um contrato com a gravadora Warner Bros. Records. Antes do lançamento de seu álbum de estréia, ela regravou o hit natalino "Last Christmas" e lançou-o no natal de 2006 como o primeiro single em seu contrato com a Warner.

Ashley também faria um grande sucesso com as músicas “Be Good to Me”, “Goin’ Crazy”, “He Said, She Said”; todos lançados em 2007 no álbum “Headstrong” (tendo “Be Good to Me” como primeiro single em fevereiro e “He Said, She Said” como segundo single em setembro do mesmo ano).

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails